Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

INSS

O STF – Supremo Tribunal Federal, ao analisar ação que questionava a incidência do INSS sobre valores pagos a colaboradores a título de horas extras, adicional noturno, adicional de insalubridade, adicional de periculosidade, e adicional de transferência,  se manifestou no sentido de que essa questão não é de natureza constitucional, logo, a competência para decidir sobre a mesma é do STJ – Superior Tribunal de Justiça.

O STJ  já havia decidido sobre o tema, indicando ser legal a incidência  do INSS sobre essas verbas.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tema sensível para as empresas que realizam operações de comércio exterior tem relação com o preço de transferência. O envolvimento da questão não é somente de ordem fiscal e tributária, mas também,

Tema sensível para as empresas que realizam operações de comércio exterior tem relação com o preço de transferência. O envolvimento da questão não é somente de ordem fiscal e tributária, mas também,