top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

A NECESSÁRIA BOA QUALIDADE DAS INFORMAÇÕES PARA UM BOM PROCESSAMENTO E RETORNO.

Temos realizado várias abordagens com relação a necessária qualidade de informações, para que se possa ter um bom processamento e uma boa qualidade de números pós processamento, suporte a tomada de decisões consistentes, sem atropelos, e com a devida segurança.


São inúmeras as situações vivenciadas nas quais, pós fechamento, não se validam os apontamentos do acompanhamento gerencial com os apontamentos do fechamento societário, fiscal, tributário. Também são muitas as situações que parametrizações sistêmicas, não se refletem no dia a dia das operações.


Como exemplo, acompanhamos situação na qual toda uma estrutura de controle de estoque, de impostos, de valorização de estoque e de apropriação de impostos na compra de determinada mercadoria identificava a compra interna da mesma realizada junto a distribuidor. Na prática, a dinâmica comercial fez com as aquisições passassem a ser realizadas junto a industriais, não mais comerciantes, assim como também a importadores, e na sequencia a própria empresa passou a realizar as importações diretamente. A agilização para refletir essa nova situação em termos de controles e de parâmetros sistêmicos, demorou alguns dias, prejudicando sobre maneira a qualidade dos números gerados que não refletiam a operação de compra, de fato realizada, o parâmetro de aquisição junto a distribuidores.


As publicações abaixo trazem material que aborda a importância da qualidade da informação disponibilizada ao seu ERP, para que ele tenha uma boa qualidade de processamento, e principalmente disponibilize números que possam garantir uma boa e competente decisão.


Acesse os link abaixo para consultar essa divulgação.





13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comments


bottom of page