top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

ALTERAÇÕES NAS ALIQUOTAS DO IPI

O Decreto de número 11158/2022 (publicado em edição extra do último sábado – 30/07/2022) trouxe alterações as alíquotas do IPI.

Através dele, houve a revogação de dois Decretos anteriores, um de 31/12/21 o de numero 10923/21, e outro de 29/abril/22 o de número 11047/22.

Com a publicação de 30/07/22 a TIPI é apresentada em quatro anexos, enfatizando que a mesma tem por base a NCM – Nomenclatura Comum do Mercosul, e essa tem por base as determinações do SH Sistema Harmonizado. Esse Decreto, também, autoriza a Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil a adequar a TIPI sempre que não implicar alteração de alíquota, em decorrência de alterações promovidas na NCM pelo Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior - Camex do Ministério da Economia.

Quanto aos distribuidores de veículos enquadrados nas disposições do inciso II do artigo 2º da Lei de numero 6729/1979, há no Decreto autorização para a devolução ficta ao produtor de veículos classificados na posição 87.03 da TIPI dos automóveis existentes em seu estoque (distribuidoras) em 31 de julho de 2022, podendo a mesma (devolução ficta) ocorrer até 31/10/2022. De posse dessa NF o fabricante de veículo deverá registrá-la em controles de estoque, contábeis e fiscais, promovendo a saída ficta (simbólica) ao distribuidor com a nova alíquota de IPI.

Em resumo, o Decreto de numero 11158/2022 busca oficializar a redução de 35% do imposto (IPI), para produtos não fabricados na Zona Franca de Manaus, readequando, também, redução aplicada aos automóveis (redução de 18% para 24,75%). Estima-se que a redução possa alcançar aproximadamente quatro mil produtos não fabricados na Zona Franca de Manaus

As alterações do Decreto de número 11158/2022 produzirão efeitos a partir de 01/08/2022.

ANEXO I - TIPI
.pdf
Fazer download de PDF • 765KB

ANEXO II - TIPI
.pdf
Fazer download de PDF • 819KB

ANEXO III - TIPI
.pdf
Fazer download de PDF • 1.01MB

ANEXO IV - TIPI
.pdf
Fazer download de PDF • 997KB





446 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comments


bottom of page