top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

ANCORAS NO REPASSE DE RECURSOS FINANCEIROS

A situação faz a alternativa, e assim esta ocorrendo, mais uma vez, agora com a proposta de  levar as divulgadas, mas não localizadas, linhas de créditos para as empresas de menor porte. Mesmo com a divulgação de várias linhas de financiamentos disponibilizadas, a reclamação é geral quanto ao recurso não chegar ao interessado.


As causas apontadas são várias, indo desde as de natureza burocrática até as relacionadas a exigência de garanta pelas instituições financeiras que operacionalizam  o fluxo dos recursos para chegarem aos interessados.


Para contornar esse cenário o BNDES vai disponibilizar R$ 2B para que as empresas de grande porte possam servir de intermediárias, ou, “âncoras” de forma que os recursos cheguem as menores empresas  com as quais tenham vinculação comercial em termos de fornecedores ou clientes.


Proposta amplamente válida e propensa a dar resultado rápido, pois aparentemente, não temos aí indicativo forte de lucro financeiro intermediário, ou de necessidade rígida de garantias.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

PIS - COFINS E O ICMS-ST

A 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça – STJ,  por decisão unânime, em julgamento de recurso repetitivo, ou seja, com decisão base para instancias inferiores do Judiciário, entendeu pelo não aprov

AUTODECLARAÇÃO DE ORIGEM

Conforme mencionamos em informe anterior  (NOVO REGIME DE ORIGEM – MERCOSUL), os membros desse mercado comum,  decidam por adotar o método de comprovação de origem identificado como autodeclaração _ a

NOVO REGIME DE ORIGEM - MERCOSUL

O Decreto de número 12058/24, tratou do 218º Protocolo Adicional ao Acordo de Complementação Econômica número 18 do MERCOSUL,  firmado entre Brasil, Argentina, Paraguai, e Uruguai. Esse Protocolo Adic

Comentários


bottom of page