top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

ANUNCIO DE COBRANÇA DE TARIFA EM TRANSAÇÕES PIX

A Caixa Econômica Federal havia divulgado a cobrança de uma taxa para as pessoas jurídicas que realizassem operações via PIX. A estimativa de arrecadação com essa cobrança era de R$ 300 milhões ao ano.


Porém, o Governo Federal, ao tomar conhecimento da divulgação solicitou a imediata suspensão da cobrança.


Apesar das alegações que a cobrança é prevista em Lei e autorizada pelo BACEN não houve autorização do Executivo para a cobrança.


A intenção era ter a cobrança máxima de R$ 8,50 e mínima de R$ 1,00 para o PIX transferência, e máxima de R$ 130,00 e mínima de 1,00 para o PIX compra.


A intenção da Caixa Econômica Federal é convencer o Governo na autorização para a cobrança.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

PIS - COFINS E O ICMS-ST

A 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça – STJ,  por decisão unânime, em julgamento de recurso repetitivo, ou seja, com decisão base para instancias inferiores do Judiciário, entendeu pelo não aprov

AUTODECLARAÇÃO DE ORIGEM

Conforme mencionamos em informe anterior  (NOVO REGIME DE ORIGEM – MERCOSUL), os membros desse mercado comum,  decidam por adotar o método de comprovação de origem identificado como autodeclaração _ a

NOVO REGIME DE ORIGEM - MERCOSUL

O Decreto de número 12058/24, tratou do 218º Protocolo Adicional ao Acordo de Complementação Econômica número 18 do MERCOSUL,  firmado entre Brasil, Argentina, Paraguai, e Uruguai. Esse Protocolo Adic

Comments


bottom of page