top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

AS TENDENCIAS DOS MERCADOS ATRELADAS A VARÍAVEL – ESTOQUE

O início abrupto da pandemia, há um ano, não deu chance das empresas, principalmente as do setor de comercio, quanto a programarem a sua estratégia de estoque. Com o tempo, ainda durante a pandemia, essa questão de abastecimento se mostrou como ponto positivo para o setor industrial, pois mesmo com a crise e a demanda de consumo abaixo do esperado, o comercio no geral, teve que buscar reposição de seus estoques e isso ocorreu quase que no mesmo momento para vários segmentos.


Esse cenário, principalmente no segundo semestre de 2020, foi favorável a indústria e projetou boas perspectivas para o próximo ano.


Ocorre que no início 2021, seu primeiro trimestre, esta fazendo com que essa estimativa otimista seja revista com relação a projeções de vendas e plano de negócios da empresa.


O agravamento da pandemia e a demora na política de vacinação são fatores impactantes para isso, mas o peso maior esta direcionado ao preço dos insumos industriais e a sua escassez, ou seja, aos esforços para que não haja o desabastecimento de insumos fundamentais na cadeia produtiva.


Assim, enfatiza-se que no momento atual e nos meses seguintes, visão crítica nos planejamentos estratégicos das empresas e nos seus orçamentos financeiros serão itens que não poderão fugir aos olhos dos seus gestores com alertas para esses pontos vitais como a administração de estoques.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comments


bottom of page