top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

ATUALIZAÇÃO SOBRE A REFORMA TRIBUTÁRIA

Foi entregue ao Congresso Nacional,  Projeto de Lei Complementar,  com a proposta de regulamentação da reforma tributária sobre o consumo. Pontos interessantes e importantes para acompanharmos e termos atenção;- alíquota estimada  do IVA  deverá ser de 26,5% de forma que 8,8% seja de arrecadação e administração na esfera federal, e 17,7% seja de arrecadação e administração das esferas estadual e municipal. Essa alíquota poderá variar entre 25,7% e  27,3%. É fato que a nossa provável alíquota, será uma das maiores do mundo;

 

-quinze alimentos comporão a cesta básica nacional, sendo taxados com alíquota zero, haverá priorização para alimentos “in natura” ou minimamente processados, seguindo as recomendações  do Guia Alimentar para a População Brasileira do Ministério da Saúde;

 

-quatorze alimentos  terão alíquotas reduzidas em 60%, estando entre eles carnes, peixes e massas alimentícias;

 

-o imposto seletivo incidirá  sobre, até o momento, seis produtos sendo eles, bens minerais extraídos, bebidas alcoólicas, bebidas açucaradas, fumo, embarcações, aeronaves, e veículos poluidores;

 

-dezoito categorias de profissionais terão redução do imposto em 30%, estando entre elas economistas, contadores, advogados e administradores;

 

-vinte e sete serviços relacionados ao setor de saúde  terão redução de 60% da alíquota do IVA;

 

-“cashback” (devolução de parte dos tributos arrecadado para consumidores) será aplicado para famílias com renda “per capita” de até meio salário mínimo. Para o gás de cozinha a devolução será de 100% da CBS e 20% do IBS. Para a agua e esgoto a devolução será de 50% da CBS e 20% do IBS;

 

- o IPI continuará a ser aplicado, mas somente, para taxar produtos fabricados  fora da Zona Franca de Manaus, e que sejam concorrentes dos produtos lá fabricados;

 

- a pretensão é aprovar a proposta até a primeira quinze do mês de julho/24 considerando o recesso parlamentar de meio de ano, e as eleições municipais que ocorrerão no segundo semestre.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

MAIS SOBRE A REFORMA TRIBUTÁRIA

A conclusão a que se está chegando, quanto a proposta de alocar produtos a cesta básica nacional, produtos esses que terão alíquota zero do IVA (CBS + IBS), e principalmente, com foco na carne, é que

INFLAÇÃO

As projeções de inflação para 2024 e 2025, revistas pelo Ministério da Fazenda, indicam aumento de percentuais. Para 2024 a estimativa era de 3,7% e agora é de 3,9%, e para 2025 a estimativa era de 3,

SINAL POSITIVO NA ECONOMIA

A informação do Ministro da Fazenda, de que haverá, em termos orçamentários, com vistas a atender  o arcabouço fiscal, o bloqueio de R$ 11,2 bilhões, e o contingenciamento de R$ 3,8 bilhões do orçamen

Коментарі


bottom of page