Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

AUMENTO DA ARRECADAÇÃO PODE INDICAR O INÍCIO DA RECUPERAÇÃO DA ECONOMIA

A arrecadação federal do último mês de julho, teve aumento em comparação a julho de 2018 na ordem de 2,95%. Esse resultado foi bem recebido pela equipe econômica do Governo Federal por ser o melhor resultado do mês de julho se comparado aos últimos oito anos.


A Receita Federal identificou como motivo decisivo para essa alta da arrecadação os chamados “rearranjos” societários realizados por algumas empresas e grupo empresariais. Como resultado dessa ação tivemos o acréscimo de recolhimento de IRPJ e CSLL. Também, para os recolhimentos por estimativa mensal, houve aumento da arrecadação desses tributos, sinalizador de aquecimento nas operações.


Outro fator que considera-se como indicativo de recuperação econômica está relacionado ao aumento da arrecadação de tributos sobre as operações das empresas (tributos indiretos) de alguns setores, como por exemplo, o de celulose, tecnologia da informação, e o setor financeiro.


Indicadores como a busca de capital de giro através de linhas de créditos de bancos ou mesmo de descontos de duplicatas no caso das empresas, e uso de cartão de crédito nas compras novas de bens de consumo, ou a busca de empréstimos para essa mesma finalidade, no caso das pessoas físicas, são considerados balizadores de que o início da recuperação da economia pode estar se iniciando visto a destinação desses recursos relacionados a aquisição de insumos, suporte a cadeia produtiva, e aquisição de bens de consumo pelo mercado consumidor.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CUIDADOS QUE AS EMPRESAS DEVEM TER PARA 2022

Segue matéria do Grupo Bahia Associados, publicado no Site Contábeis, comentando e apontando cuidados que as empresas devem ter em 2022 para manter um bom planejamento econômico e financeiro de suas o

DISPOSIÇÕES DA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA

Em nossos informativos de 11, 16 e 29 de novembro de 2021 tratamos do Decreto de numero 10854/21 que teve como proposta trazer novas disposições a legislação trabalhista. Uma dessas alterações relacio

INFLAÇÃO ACIMA DA META

As justificativas do Banco Central para o encerramento de 2021 com a inflação em 10,06%, ou seja, acima da meta que era de 3,75% com tolerância de 1,5 ponto percentual, esta relacionada aos preços das