top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

CONSTRUÇÃO CIVIL – CONCEITOS TRIBUTÁRIOS

Tema que é constantemente  levado a análise em questionamentos recebidos de clientes com  relação a reformas, ampliações, modernizações de suas instalações físicas. Existem dúvidas sobre os limites de enquadramento de determinados fornecimentos nesse conceito de obra civil.



A abordagem é rica em detalhes, sendo que, por esse motivo, buscaremos explorar os principais conceitos, por exemplo, as atividades que tem esse enquadramento, e a incorporação

do mesmo (do fornecimento do resultado final da atividade) ao solo de forma a comprometer a mercantilidade dos itens que o compõe, ou seja, o item incorporado a obra perde o conceito de mercancia por, agora, fazer parte de um bem imóvel..





Essa característica de uso da mercadoria na obra, faz com que a construtora, adquirindo de terceiros itens para a construção, não seja considerada comerciante dos mesmos (desses itens), pois os adquire para comporem a obra que será comercializada como um bem imóvel.




Esse cenário, traz tratamentos tributários específicos para a atividade de obra civil, como a não incidência do ICMS, na movimentação de materiais para aplicação na obra, e na movimentação de material entre os canteiros de obras, o mesmo se aplicando a questões relacionadas ao IPI.  Mesmo não se tendo a tributação desses impostos na operação, é vital o controle dessas movimentações de materiais, inclusive com o suporte na emissão de Notas Fiscais, tendo em vista a necessidade da empresa de construção civil, mesmo não sendo contribuinte do ICMS, necessitar manter Inscrição Estadual.



A carga tributária da operação, fica na seara do ISS (imposto sobre serviços de qualquer natureza), com especificações relacionadas a composição da base de calculo do imposto, atrelada ao valor da mão de obra aplicada no investimento, dai ser importante suportar a movimentação de materiais para aplicação na  obra com Notas Fiscais. Assim, a operação de construção civil, conceitualmente, se afasta do campo de atuação do ICMS e do IPI, se enquadrando na esfera do ISS, mas com importancia vital aos dados cadastrais da empresa - seu objeto social -  de forma a ele identificar a atividade fonte de geração de receita operacional, sem qualquer dúvida, quanto a enquadramento. Nessa carga tributária devemos avaiar, também,  a incidencia do PIS e da COFINS.




Essa abordagem é conceitual, de maneira a enfatizar-se que no direcionamento de execução de atividades relacionadas a construção civil, esse informativo seja, uma diretriz preliminar de atenção a pontos fundamentais da operação, sendo prudente estudo mais detalhado sobre a operação e identificação de seus pontos sensíveis em termos de controles econômico, financeiro e aspectos fiscais e tributários do fornecimento do bem imóvel.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

REHIDRO

REHIDRO é o Regime Especial de Incentivos para a Produção de Hidrogênio de Baixa Emissão de Carbono, que concederá  em termos de beneficio fiscal,  crédito da CSLL para dedução de outros tributos fede

ASSUNTO PARA MANTER NO RADAR

Proposta de aumento da CSLL. O Governo Federal, tem como proposta para compensar  a manutenção da desoneração da folha de pagamento, o aumento da CSLL, aumento esse que seria aplicado com base em um g

Kommentare


bottom of page