top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

CORTE DO IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO

Em busca de uma tentativa de conter a alta de alguns preços de produtos que se destacam como alimentadores da inflação, o Governo Federal cortou a alíquota do imposto de importação de alguns deles, buscando apresentar forma alternativa para o abastecimento do mercado. Itens como carne (boi e frango), trigo e farinha de trigo, bolachas e biscoitos, milho em grão, e outros produtos destinados a indústria de pastelaria obtiveram a redução a zero da alíquota do imposto de importação. Outros itens tiveram outro patamar de redução de alíquota como é o caso de ácido sulfúrico de uso na cadeia de fertilizantes e fungicida de uso na agricultura (mancozeb), assim como os vergalhões de aço para uso na construção civil para os quais a alíquota do imposto de importação passou a ser de 4%. Essas reduções tem aplicação até o final de 2022.


A atenção, agora, é verificar se essas medidas trarão, de fato, algum impacto quanto a redução de preço desses produtos.

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

REHIDRO

REHIDRO é o Regime Especial de Incentivos para a Produção de Hidrogênio de Baixa Emissão de Carbono, que concederá  em termos de beneficio fiscal,  crédito da CSLL para dedução de outros tributos fede

ASSUNTO PARA MANTER NO RADAR

Proposta de aumento da CSLL. O Governo Federal, tem como proposta para compensar  a manutenção da desoneração da folha de pagamento, o aumento da CSLL, aumento esse que seria aplicado com base em um g

Коментари


bottom of page