Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

CREDITO DE PIS E COFINS – POSSIBILIDADES DE CRÉDITOS - TERCEIRIZAÇÃO

A Solução do Divergência da COSIT - Coordenação-Geral de Tributação – de número 29/2017, esclareceu a possibilidade credito do PIS e da Cofins para as empresas enquadradas no regime não cumulativo das duas contribuições, quando da contratação de mão de obra temporária (terceirização de mão de obra) para as atividades relacionadas diretamente a produção dos bens destinados a venda pela empresa ou destinadas a prestação de serviços que a empresa realize para terceiros.

O conceito aplicado a essa contratação, classifica a mesma como insumo, ou seja, a contratação de empresa de trabalho temporário para disponibilizar mão de obra diretamente relacionada a produção ou a prestação de serviços que se tornem, posteriormente,  receitas operacionais da empresa, poderão ter a apropriação de crédito de PIS e Cofins sobre os valores pagos por essas contratações.

Não havia consenso de regiões da Receita Federal sobre esse tema, mas a publicação da Solução de Divergência consolida o entendimento sobre a possibilidade de crédito.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A REFORMA DO IMPOSTO DE RENDA

É natural que ao se pensar em uma reforma, os pontos básicos da mesma sejam de combate as injustiças, e de aumento a efetividade no atendimento a quem depende das premissas envolvidas na mesma (refor

AS DIFICULDADES PARA A TOMADA DE DECISÃO

Não esta sendo fácil para os executivos das empresas, a tomada de decisão sobre investimentos, ampliação de negócios, e exploração de novos mercados, isso considerando o cenário de crise institucional

DRAWBACK

O Superior Tribunal de Justiça – STJ, decidiu que a multa de mora para as empresas que perderam o benefício do drawback, deve ser aplicada, considerando o encerramento do prazo dos pagamentos dos impo