Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO

A Medida Provisória n⁰ 794/2017 revogou a Medida Provisória n⁰ 774/2017 que tratou da desoneração da folha de pagamento. A desoneração está relacionada, para alguns setores da economia quanto ao recolhimento do INSS empregador (20% sobre o total da folha de pagamento) ser substituído por recolhimento sobre percentual aplicado a receita bruta mensal da empresa, receita essa com alguns ajustes  previstos em lei. Os percentuais tem diferenciação de acordo com os setores contemplados (variação entre 1% e 4,5%).  Desde o final de 2016 as empresas contempladas na desoneração podem optar por manter-se no regime de recolhimento normal (20% sobre a folha de pagamento), ou pelo regime de desoneração, sendo essa opção para uso irretratável durante o ano.

A MP 774/2017  buscou a revogação desse regime mantendo-o para poucos setores o que foi duramente questionado inclusive judicialmente.

Agora a MP 794/2017 torna oficial a revogação dessa proposta de mudança, que deve ficar para o início de 2018.

Esse assunto foi tratado em nossos informativos de 02/03, 30/03, 24/05, 19/06, 27/06, 18/07 e 08/08.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A REFORMA DO IMPOSTO DE RENDA

É natural que ao se pensar em uma reforma, os pontos básicos da mesma sejam de combate as injustiças, e de aumento a efetividade no atendimento a quem depende das premissas envolvidas na mesma (refor

AS DIFICULDADES PARA A TOMADA DE DECISÃO

Não esta sendo fácil para os executivos das empresas, a tomada de decisão sobre investimentos, ampliação de negócios, e exploração de novos mercados, isso considerando o cenário de crise institucional

DRAWBACK

O Superior Tribunal de Justiça – STJ, decidiu que a multa de mora para as empresas que perderam o benefício do drawback, deve ser aplicada, considerando o encerramento do prazo dos pagamentos dos impo