Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO

Acordo entre o Executivo e o Legislativo, no âmbito Federal, pode dar fim a discussão sobre a prorrogação da desoneração da folha de pagamento, de forma a aprova-la até o final de 2021.

Com isso, os 17 setores que atualmente são contemplados pela medida terão mais um incentivo para manter seus gastos com folha de pagamento, ou seja, manter a empregabilidade da atual mão de obra utilizada na operação, bem como poderão ter incremento para novas contratações.

Alguns setores atingidos diretamente pela atual crise econômica em virtude do coronavirus, como o setor de transporte, o da indústria calçadista, o da indústria têxtil, o dos serviços de tecnologia da informação, o da construção civil entre outros, contam com essa prorrogação em momento em que qualquer ajuda para a redução do custo tributário da operação é bem-vinda.

Sem o acordo, ou seja, sem a prorrogação, a desoneração terá aplicação somente até o final do próximo mês de dezembro/2020.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

POSSIBILIDADE DE AUMENTO DO DESEMPREGO PREOCUPA

Trabalhando de forma preventiva a uma possível indicação de aumento do desemprego, O Governo Federal através de sua equipe econômica estuda a aplicação, em 2021, de algumas medidas utilizadas em 2020.

CRÉDITOS DE PIS E COFINS

A decisão do STJ – Superior Tribunal de Justiça de fevereiro de 2018, que tratou de conceitos de essencialidade e relevância para apropriações de créditos de PIS e Cofins, teve, novamente, impacto em

ALTERNATIVA PARA A GERAÇÃO DE EMPREGOS

O Ministério da Economia tem como um de seus principais objetivos para 2021, a retomada do emprego no país, considerando o alto nível de ausência de carteiras de trabalho assinadas antes da pandemia,

© 2020 por Grupo Bahia & Associados

  • LinkedIn Social Icon