Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

ESG - AMBIENTAL, SOCIAL E GOVERNANÇA

Atualizado: Mai 10

A sigla “ESG” significa “Environmental, Social and Governance” e tem uma forte tendencia , a partir de 2021, a ser aplicada de forma decisiva no mundo dos negócios. Essa prática há muito tem referência, tem citações, tem tendencias de aplicação, mas aos poucos sua força de implantação foi reduzida. A cúpula sobre o clima ocorrida na ultima semana de abril/2021 com a participação de vários lideres mundiais, e previamente a ela, a videoconferência ocorrida entre vários empresários locais e o Ministro do Meio Ambiente para tratar da pauta ambiental do Governo Federal é indicativo da importância do tema para o setor empresarial.


O fato de termos, a partir de 2021, um direcionamento maior para essa prática ambiental, tem suporte direto com a preocupação das grandes potencias ao que se aplica com as questões ambientais, ocorrência que nos anos anteriores, ficou para segundo plano, nas discussões entre essas grandes potencias, e como consequência, também, para as empresas e seus empreendimentos.


O conceito que esta sendo levado em conta em termos de “ESG” para a inclusão nas boas práticas das empresas é o investimento não buscar única e exclusivamente o lucro, mas também conceitos claros e concretos de sustentabilidade ambiental.


As práticas relacionadas a “ESG” tem a real figura de uma governança ambiental, administrando a aplicação e utilização de recursos naturais no dia a dia das operações das companhias.


Os fatores que mais diretamente estariam ligados a essa prática e para os quais as empresas devem estar atentas é a vinculação da marca as políticas de sustentabilidade, de forma a gerar padrões de avaliação no que se aplica ao meio ambiente para o setor de atuação da empresa. Essa ação será um forte atrativo para investidores, clientes e fornecedores de maneira a poder, em cadeia, multiplicar a proposta de sustentabilidade. Esse atrativo em termos de investidores, clientes e fornecedores será uma ferramenta forte e indiscutível para aumento da receita, para a maior qualidade do fornecimento e para o fortalecimento da marca, dessa vez, pela vertente comercial e mercadológica. Assim a empresa terá reconhecimento de mercado pela qualidade de suas operações e fornecimentos e reconhecimento público pelas suas práticas de “ESG”.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo