Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

INFLAÇÃO ACIMA DA META

As justificativas do Banco Central para o encerramento de 2021 com a inflação em 10,06%, ou seja, acima da meta que era de 3,75% com tolerância de 1,5 ponto percentual, esta relacionada aos preços das commodities, ao preço da energia, e o desequilíbrio entre a demanda e a oferta de insumos globais, com parte dessas oscilações todas relacionadas a pandemia do corona vírus, que teve impacto global e não somente local, atingindo as grandes economias e os países emergentes.


O Banco Central indica que dessa diferença entre a inflação real (10,06%) e a sua meta (3,75%), ou seja, 6,31 pontos percentuais, deve-se considerar que 4,38 pontos percentuais (praticamente 70%) são efeitos relacionados as operações com commodities e câmbio, o que se identifica como “inflação importada”.


Com esse percentual de inflação para 2021 o Brasil ficou em quarto lugar no comparativo dos maiores índices de inflação considerando a avaliação de 44 economias acompanhadas pela OCDE – Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Esse mesmo acompanhamento projeta que em 2022 o Brasil ficará entre os nove países com índice de inflação mais elevados.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tema sensível para as empresas que realizam operações de comércio exterior tem relação com o preço de transferência. O envolvimento da questão não é somente de ordem fiscal e tributária, mas também,

Tema sensível para as empresas que realizam operações de comércio exterior tem relação com o preço de transferência. O envolvimento da questão não é somente de ordem fiscal e tributária, mas também,