Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

LAMPEJOS DE RECUPERAÇÃO ECONÔMICA

A alta e estabilidade do consumo, associados a forte demanda direcionada a indústria, são fatores positivos quando analisamos a recuperação econômica, mas infelizmente, não garantem projeções seguras quanto as tendencias positivas para 2021. Fato é que o aumento do consumo e o aquecimento da atividade industrial fizeram com que a arrecadação de tributos federais aumentasse em outubro/2020, mas já no mês seguinte o volume de arrecadação não chegou ao patamar esperado de forma que na comparação ao resultado para o mesmo período de 2019 há uma queda de arrecadação na ordem de 7,95%. Acompanhar o nível de arrecadação é um indicador utilizado pelo Governo para avaliar a retomada a plena atividade econômica. No ano o ultimo trimestre traz indicadores positivos, mas já na comparação ao ano anterior não chegamos ao resultado esperado.


A atenção da análise fica por conta de termos ai, uma “bolha pontual de consumo” por conta, por exemplo, da interrupção, ou, diminuição drástica entre fevereiro/2020 e abril/2020 de uma série de atividades comerciais e industriais sem condições de se programar a redução gradativamente das operações de forma a se poder administrar estoques programados, ou, reguladores para suprir o consumo pós este período de interrupção, ou seja, no auge da pandemia, sendo que o identificado, agora, parecer ser o surgimento desse consumo reprimido durante alguns meses.


Índices relacionados ao aumento de desemprego e aumento da arrecadação se contrapõe, no sentido de como a atividade econômica pode estar aumentando gerando maior arrecadação, se por outro lado o desemprego também aumenta? O consumo reprimido pode ser a justificativa para isso! Setores como o comércio varejista e a indústria indicam possível retomada, já o setor de serviços, patina nessa avaliação. Vamos torcer para 2021 ser um ano de economia em recuperação plena com todos os setores do mercado apresentando números positivos, principalmente quanto a geração de empregos.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

INOVAR NA GESTÃO É FUNDAMENTAL PARA AS EMPRESAS.

A matéria do GRUPO BAHIA ASSOCIADOS sobre a necessidade das empresas inovarem a sua gestão traz pontos interessantes de reflexão sobre a dinâmica que a situação econômica atual exige dos administrador

INOVAR NA GESTÃO É FUNDAMENTAL PARA AS EMPRESAS

Atualmente é fundamental que as empresas busquem uma gestão inovadora para se manterem na vanguarda dos setores em que atuam. Em nossos contatos com o mercado, identificamos que as maiores dificuldad