top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

LINHAS DE INTERPRETAÇÃO – REINTEGRA É A BOLA DA VEZ

A 1ª Turma do STJ ( Superior Tribunal de Justiça)  decidiu que não há a incidência do IRPJ e da CSLL nos valores de créditos  obtidos pelas empresas por conta do REINTEGRA, na versão original desse regime, ou seja,  antes da Lei número 13.043/14 que reestabeleceu o benefício.

O REINTEGRA  é o Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários, cujo objetivo é devolver as empresas exportadoras, resíduos tributários existentes na cadeia de manufatura do item exportado. A não incidência comentada, aplica-se ao recebimento, via crédito tributário, desse resíduo acima mencionado.


A questão é que a 2ª Turma  do mesmo STJ ao julgar dois casos idênticos, teve entendimento contrário, decidindo pela incidência  do IRPJ e da CSLL  no recebimento pela empresa desse resíduo tributário.


A 1ª Turma do STJ entende que o procedimento do REINTEGRA quando ao crédito se equipara a ressarcimento, não tendo qualquer característica de ato ou fato que gere uma nova receita ou um acréscimo patrimonial.


O parágrafo 6º  do artigo 22 da Lei número 13043/14 diz textualmente que o crédito do REINTEGRA não será computado na base de cálculo, PIS, Cofins, IRPJ e CSLL. A discussão atual está na versão original do Regime ( Lei número 12546/11) onde não houve manifestação sobre esse tema, como há na legislação atual.


Receita Federal e contribuintes, diante de tal divergência de entendimento, podem recorrer a 1ª Seção do STJ para que tenhamos um único entendimento sobre o tema.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comments


bottom of page