Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

MOVIMENTAÇÃO BANCÁRIA

O STF - Supremo Tribunal Federal, através de julgamento em caráter de repercussão geral, entendeu pela possibilidade de movimentações bancárias serem utilizadas pela Receita Federal para se presumir a omissão de valores a título de receitas ou faturamentos seja na pessoa física ou na pessoa jurídica.


Via de regra, a intimação para justificar as movimentações e apresentar extratos bancários é destinada ao contribuinte, sendo que na ausência de entrega das mesmas a intimação pode ser realizada diretamente a instituição financeira.


Esse precedente de notificar a instituição financeira tem aplicação consolidada a partir de 2016 quando o próprio STF permitiu a transferência de informações da instituição financeira para a Receita Federal no que se aplica a validar movimentações de contribuintes que se recusam ou não apresentam os dados solicitados mediante notificação.


A decisão reforça as disposições do artigo 42 da Lei de número 9430/1996


“......


Art. 42. Caracterizam-se também omissão de receita ou de rendimento os valores creditados em conta de depósito ou de investimento mantida junto a instituição financeira, em relação aos quais o titular, pessoa física ou jurídica, regularmente intimado, não comprove, mediante documentação hábil e idônea, a origem dos recursos utilizados nessas operações.


......”

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

POSSIBILIDADE DE UM NOVO REFIS

Discute-se no Legislativo Federal, a proposta de um novo programa de refinanciamento de dívidas tributárias (REFIS). A proposta original é do Senado que sugere uma graduação para a concessão do refin

PRESERVAÇÃO DOS BENEFÍCIOS DA LEI DE INFORMÁTICA

Em marco/2021 o Congresso promulgou a PEC (Proposta de Emenda a Constituição) de numero 186/2019 que permitiu ao Governo, pagar, em 2021 o auxilio emergencial no montante de R$ 44 bilhões focando os m