Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

NÃO HÁ ACRÉSCIMO PATRIMONIAL QUANDO DE SIMPLES ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA DE VALORES

A Justiça Federal de São Paulo , concedeu liminar a empresa, para evitar a tributação do imposto de renda e da contribuição social sobre atualização monetária e juros recebidos por ela, base na variação da taxa SELIC, em processo de ressarcimento de valor de impostos pagos a maior ou indevidamente.

A argumentação teve base no fato de que a atualização monetária objetiva preservar o poder de compra da moeda perante a inflação, ou seja, não há ganho, somente a manutenção de um status de valor, e os juros objetivam recompor perdas e danos causados por determinado evento, assim também, sem apresentar lastro a qualquer ganho que evidenciasse acréscimo patrimonial, suporte para a incidência do imposto de renda e da contribuição social sobre o lucro.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A REFORMA DO IMPOSTO DE RENDA

É natural que ao se pensar em uma reforma, os pontos básicos da mesma sejam de combate as injustiças, e de aumento a efetividade no atendimento a quem depende das premissas envolvidas na mesma (refor

AS DIFICULDADES PARA A TOMADA DE DECISÃO

Não esta sendo fácil para os executivos das empresas, a tomada de decisão sobre investimentos, ampliação de negócios, e exploração de novos mercados, isso considerando o cenário de crise institucional

DRAWBACK

O Superior Tribunal de Justiça – STJ, decidiu que a multa de mora para as empresas que perderam o benefício do drawback, deve ser aplicada, considerando o encerramento do prazo dos pagamentos dos impo