Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

PANORAMA DO MERCADO (CUSTO DE INSUMOS _ ATRASOS NAS ENTREGAS _GARGALOS NA PRODUÇÃO)

As microempresas e as empresas de pequeno porte estão em fase de dificuldades com relação a administração de insumos destinados a área industrial. Os pontos de atenção nessa administração estão atrelados a aumentos de preços, falta de insumos no mercado, e não cumprimento de prazos de entregas pelos fornecedores.


Muitas vezes para contornar a situação, a alternativa é a compra de matéria prima com qualidade inferior a normalmente exigida no processo de transformação o que, invariavelmente, traz equivalente perda de qualidade ao produto final resultado do processo de manufatura.


Essas ocorrências resultam em aumento de custo industrial, atrasos e entraves na linha de produção, consequente quebra da cadeia de manufatura, o que pode ser resultado ou consequência futura de desabastecimento, formando assim uma cadeia de gestão industrial e logística que precisa ter gestão competente. Devemos considerar aqui que a perda de qualidade pode, também, trazer prejuízos comerciais a empresa.


Especialistas indicam que a ocorrência de desabastecimento relacionada a insumos industriais é resultado principal do encerramento de atividades de muitas empresas do mesmo porte (micros e pequenas) ocorrido no auge da pandemia. Com isso a previsão de retorno a normalidade da cadeia de abastecimento parece não estar tão próxima, o que projeta patamar de preço atual de insumos industriais, bem como dificuldades com prazos de entregas, por mais alguns meses.


Outro ponto crítico que afeta a produção, esta relacionado ao fôlego financeiro no atual momento econômico, que indica a possibilidade de recuperação, ou retomada das atividades para muitos setores. Esse ponto crítico está relacionado ao fato de várias micros e pequenas empresas terem dificuldades de acessar linhas de créditos, mesmo as de caráter emergencial, disponibilizadas pelo Governo, através de programas específicos. Neste caso a sobrevivência depende de outras ofertas de créditos com juros altos, o que pode vir a comprometer a rentabilidade futura dessas empresas.


Assim, para as microempresas e empresas de pequeno porte, fundamental é estar acompanhando o custo de produção, os prazos de entrega de insumos e de seus produtos finais, os gargalos no processo industrial, e o quanto esta sendo cobrado para que elas usem, ou, trabalhem com capital de terceiros.


Importante considerar que esse atual limitador de consumo identificado como estando localizado no setor industrial, parece estar avançando para outros ramos de mercado independente do porte da empresa. Nesse caso a ausência de ter se programado com estoques de segurança para a retomada de consumo, ausência em alguns casos justificada pela pandemia, parece ser o motivo do que se identifica atualmente com desabastecimento de alguns insumos específicos.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

COMPENSAÇÃO IRPJ/CSLL COM DÉBITOS PREVIDENCIÁRIOS

Através da Solução de Consulta COSIT (Coordenação Geral de Tributação) de numero 15/2021 a Receita Federal entendeu pela possibilidade de compensação de IRPJ e CSLL recolhidos por estimativa, com débi

© 2020 por Grupo Bahia & Associados

  • LinkedIn Social Icon