top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

PERÍODO PARA CALCULO DE BENEFÍCIO ESPECIAL – INSS

O STJ - Supremo Tribunal de Justiça, decidiu que período de afastamento por auxílio doença, seja acidentário ou previdenciário,  deve fazer parte da contagem do tempo para a aposentadoria. O posicionamento do STJ tem aplicação aos trabalhadores que exercem atividades de risco, e por isso tem direito  a benefício especial. O INSS é contrário a inclusão pois entende que esse período de afastamento, o trabalhador não esteve exposto aos agentes nocivos  relacionados a atividade, o que dá direito a aposentadoria especial. O posicionamento do INSS leva como base as disposições da lei geral da previdência que indica a concessão de aposentadoria especial, mas na dependência de que o segurado apresente comprovação de tempo de trabalho permanente em condições que possam prejudicar a sua saúde ou sua integridade física.


O posicionamento do INSS no julgamento não foi aceito, considerando que se o fosse, pela posição do STJ, deveria, então, ser revisto, para fins da questão analisada, o período em que o trabalhador ou trabalhadora, esteve em período de férias ou até mesmo em licença maternidade, períodos em que também não há a exposição do trabalhador ou trabalhadora a produtos nocivos ou atividades insalubres.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

MAIS SOBRE A REFORMA TRIBUTÁRIA

A conclusão a que se está chegando, quanto a proposta de alocar produtos a cesta básica nacional, produtos esses que terão alíquota zero do IVA (CBS + IBS), e principalmente, com foco na carne, é que

INFLAÇÃO

As projeções de inflação para 2024 e 2025, revistas pelo Ministério da Fazenda, indicam aumento de percentuais. Para 2024 a estimativa era de 3,7% e agora é de 3,9%, e para 2025 a estimativa era de 3,

SINAL POSITIVO NA ECONOMIA

A informação do Ministro da Fazenda, de que haverá, em termos orçamentários, com vistas a atender  o arcabouço fiscal, o bloqueio de R$ 11,2 bilhões, e o contingenciamento de R$ 3,8 bilhões do orçamen

Comments


bottom of page