top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

PIS E COFINS – CRÉDITO SOBRE ATIVO

A Secretaria da Receita Federal, através da Coordenação Geral de Tributação, trouxe manifestação com base em dispositivo de Solução de Divergência, abordando a possibilidade de apropriação de crédito de PIS e de Cofins com base em 1/48 avos do valor da aquisição, possibilidade essa opcional ao crédito com base no valor de depreciação.


A Solução esclarece que, uma vez realizada a venda de equipamentos alocados ao ativo imobilizado da empresa, a apropriação dos créditos não poderá mais ocorrer mesmo que não tenha transcorrido 48 meses da aquisição.


O suporte para a manifestação está no fato do evento da comercialização do item, impedir que haja por parte da empresa vendedora, aproveitamento econômico do bem ora comercializado, logo há o consequentemente impedimento quanto ao possível crédito restante.


Para as empresas que tinham e tem entendimento quanto a possibilidade de continuação de apropriar esse crédito mesmo após a venda do bem considerando que a Lei não veda, tacitamente, essa possibilidade, o posicionamento trazido pela Solução de Divergência nº 06/2016 é um tópico importante a considerar em análises sobre venda de imobilizados.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comentarios


bottom of page