top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

SALÁRIO DA GESTANTE – AFASTAMENTO DAS ATIVIDADES FUNCIONAIS PRESENCIAIS

O Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado de São Paulo obteve sucesso no pedido de liminar a Justiça Federal, transferindo para a União o custo do afastamento de gestantes que trabalham em atividades de limpeza e conservação.


A Lei de numero 14151/2021 indicou que durante o período de pandemia da covid-19 ocorresse o afastamento das gestantes das atividades laborais presenciais mantendo-se o pagamento integral das remunerações.


A decisão foi obtida junto a 25ª Vara Cível Federal de São Paulo, de forma a autorizar as empresas vinculadas a esse Sindicato a enquadrarem como salário maternidade a remuneração paga as funcionárias durante este período qualificado como de emergência de saúde pública, assim como também autorizou que o valor do benefício seja deduzido da contribuição previdenciária patronal incidente sobre a folha de salário.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comments


bottom of page