top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

SETOR IMOBILIÁRIO

A pandemia da covid19 trouxe, por incrível que pareça, aumento considerável na demanda do mercado imobiliário. Justificativas para o fato tiveram relação com a busca de maior e melhor comodidade para o exercício de atividades profissionais na modalidade home office, o que resultou na busca de acomodações de atendessem as necessidades familiar e as necessidades profissionais. Agora, temos a identificação da queda do valor de apartamentos na cidade de São Paulo, sendo a mesma em percentual médio de 5,5%. Considerando números corrigidos pela inflação, nos cinco primeiros meses de 2022 o valor médio do metro quadrado esteve na ordem de R$ 4.598,00, frente ao valor de R$ 4.865,00 no mesmo período de 2021. Especialistas avaliam que esse movimento ocorre como uma acomodação natural do mercado após o aumento da demanda na pandemia.


Fator a considerar, e importante para a montagem do quebra cabeça da rentabilidade e lucratividade pelos investidores do setor, está relacionado a melhor conjugação da variável preço e venda com outra variável relacionada, desta vez, ao aumento do custo de materiais utilizados na construção civil.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comments


bottom of page