Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO E AS DEMISSÕES EM MASSA

O Ministro Ives Granda Martins Filho do Tribunal Superior do Trabalho (TST) derrubou duas liminares que impediam no Rio Grande do Sul e na Paraíba que uma instituição de ensino demitisse professores. No caso da Paraíba foram 75 profissionais e no caso do Rio Grande do Sul foram pelo menos 100 profissionais. Os Tribunais Regionais do trabalho das localidades haviam concedido liminares cancelando ou suspendendo as demissões justificando a necessidade de negociação coletiva junto a representação dos trabalhadores.

O Ministro do TST entendeu que a reforma trabalhista, base na Lei n⁰ 13467/17 ao acrescentar na CLT o artigo 477-A indicou que as dispensas imotivadas individuais ou coletivas  equiparam-se para todos os fins, de forma a não haver necessidade de autorização previa de entidade sindical, ou, de celebração de convenção coletiva, ou, de acordo coletivo de trabalho para essas dispensas.

Aos poucos, a reforma trabalhista vai tomando forma e se amoldando ao dia a dia da relação laboral entre empregados e empregadores. Sem dúvida muito ainda deve ser percorrido, mas o importante é discutirmos e acordarmos sobre esses entendimentos  com base nas determinações legais que lastreiam essa relação.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

POSSIBILIDADE DE AUMENTO DO DESEMPREGO PREOCUPA

Trabalhando de forma preventiva a uma possível indicação de aumento do desemprego, O Governo Federal através de sua equipe econômica estuda a aplicação, em 2021, de algumas medidas utilizadas em 2020.

CRÉDITOS DE PIS E COFINS

A decisão do STJ – Superior Tribunal de Justiça de fevereiro de 2018, que tratou de conceitos de essencialidade e relevância para apropriações de créditos de PIS e Cofins, teve, novamente, impacto em

ALTERNATIVA PARA A GERAÇÃO DE EMPREGOS

O Ministério da Economia tem como um de seus principais objetivos para 2021, a retomada do emprego no país, considerando o alto nível de ausência de carteiras de trabalho assinadas antes da pandemia,

© 2020 por Grupo Bahia & Associados

  • LinkedIn Social Icon