top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

VAI FALTAR CAIXA – SOMENTE REVISAR IMPOSTOS É A MELHOR ALTERNATIVA?

É natural e importante que as empresas revisem suas atividades relacionadas a maximização de aproveitamento de créditos tributários. Porém, muitas vezes, essa revisão foca única e exclusivamente aspectos de natureza operacional do processo apropriação de créditos, ou seja, muitas vezes essa revisão é centrada exclusivamente em avaliar se o imposto destacado em nota fiscal foi efetivamente apropriado. Como dissemos essa atividade é sem dúvida importante, mas avaliamos que antes dela, é de mais valia a atenção quanto a estratégia de aquisições realizadas pela companhia, inclusive com o foco de maximização de crédito tributário.

Essa atividade está relacionada em saber se a empresa, também, com relação a apropriação de créditos está comprando bem, ou seja, se ela esta se beneficiando em plenitude da possibilidade de créditos, com base legal, o que também vai afetar positivamente a administração do seu fluxo de caixa.

A matéria abaixo do Grupo Bahia Associados publicada no site Panorama de Negócios traz abordagem nesse sentido, ou seja, alinhar as estratégias de compras com relação a maximização de apropriação de créditos tributários é essencial tanto quanto a revisão fiscal de apropriação de créditos.

Nesse sentido capacitar os profissionais da área de compras é essencial para alertá-los sobre os impactos dos tributos componentes nos preços de aquisições em termos de trazer equilíbrio ao fluxo e caixa da empresa.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

MAIS SOBRE A REFORMA TRIBUTÁRIA

A conclusão a que se está chegando, quanto a proposta de alocar produtos a cesta básica nacional, produtos esses que terão alíquota zero do IVA (CBS + IBS), e principalmente, com foco na carne, é que

INFLAÇÃO

As projeções de inflação para 2024 e 2025, revistas pelo Ministério da Fazenda, indicam aumento de percentuais. Para 2024 a estimativa era de 3,7% e agora é de 3,9%, e para 2025 a estimativa era de 3,

SINAL POSITIVO NA ECONOMIA

A informação do Ministro da Fazenda, de que haverá, em termos orçamentários, com vistas a atender  o arcabouço fiscal, o bloqueio de R$ 11,2 bilhões, e o contingenciamento de R$ 3,8 bilhões do orçamen

Comments


bottom of page