top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

EXCLUSÃO DO ICMS DA BASE DE CÁLCULO DO PIS E DA COFINS

A Procuradoria Geral da República (PGR)  emitiu parecer se posicionando no sentido de que o Supremo Tribunal Federal – STF , aplique a decisão do seu julgado de março/2017, para o qual a PGFN (Procuradoria Geral da Fazenda Nacional) apresentou embargos de declaração, somente para o futuro. Esse posicionamento, reforça o pedido de modulação realizado pela PGFN.


A Procuradora da República, enfatiza em sua manifestação, o impacto da decisão no sistema tributário nacional, o número de transações impactadas pela decisão, e o impacto negativo desse posicionamento em termos de contas públicas.

As empresas devem ter especial atenção a esse tema antes de definir por tomada de ação referente a ele. Ideal a busca de atualizações sobre posicionamentos tanto s contribuintes como do Governo, como do STF. A questão é crítica os  valores envolvidos são significativos

Sobre esse assunto veja o nosso informativo de 07 de maio de 2019.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comentários


bottom of page