Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

PARCELAMENTO DE TRIBUTOS EMPRESAS DO SIMPLES

A Câmara dos Deputados aprovou Projeto de Lei Complementar n⁰ 171/15 sugerindo regras de parcelamento de tributos para as micros e pequenas empresas enquadradas no Simples Nacional.

A proposta é o parcelamento de débitos ocorridos até a competência Novembro/2017, inclusive os já parcelados com base na Lei Complementar n⁰ 155/2016.

A sugestão é de pagamento de 5% da dívida consolidada em até cinco  parcelas mensais, tendo o restante redução de 90% de juros e 70% de multa para paramento integral, ou, com redução de 80% de juros e 50% de multa para pagamento em 145 meses, ou, com redução de 50% dos juros e 25% da multa para  pagamento em 175 meses.

Caso aprovada a Lei Complementar, a adesão ao programa deverá ocorrer dentro de 90 dias dessa aprovação.

Os  valores de pagamentos mensais que não poderão estar abaixo de R$ 300,00 terão acréscimo em cada parcela da SELIC e de  1% referente ao mês de pagamento.

A matéria foi encaminhada  para apreciação do Senado Federal.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

POSSIBILIDADE DE AUMENTO DO DESEMPREGO PREOCUPA

Trabalhando de forma preventiva a uma possível indicação de aumento do desemprego, O Governo Federal através de sua equipe econômica estuda a aplicação, em 2021, de algumas medidas utilizadas em 2020.

CRÉDITOS DE PIS E COFINS

A decisão do STJ – Superior Tribunal de Justiça de fevereiro de 2018, que tratou de conceitos de essencialidade e relevância para apropriações de créditos de PIS e Cofins, teve, novamente, impacto em

ALTERNATIVA PARA A GERAÇÃO DE EMPREGOS

O Ministério da Economia tem como um de seus principais objetivos para 2021, a retomada do emprego no país, considerando o alto nível de ausência de carteiras de trabalho assinadas antes da pandemia,

© 2020 por Grupo Bahia & Associados

  • LinkedIn Social Icon