top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Você tem um objetivo a alcançar na sua empresa. Ao apresentarem o mesmo, e indicarem você como responsável por alcança-lo, atribuíram uma grande confiança e reconhecimento por seu trabalho.


Para início do projeto, você buscou entender bem e definir de forma clara o que lhe foi solicitado. A partir daí fez um diagnóstico do mercado, analisou possíveis concorrentes, viu o “market share” dos mesmos, avaliou os pontos positivos (favoráveis) e negativos (desfavoráveis) da sua empresa para a competição, traçou formas de manter as características fortes, mais fortes, e de melhorar as não tão fortes, questões logísticas, tributárias, contábeis, financeiras, comerciais foram avaliadas e criticadas como parte integrante desse projeto.


O plano de ação foi elaborado contemplando controles sistêmicos, profissionais qualificados, capacitação, “modus operandis” do investimento para a localidade respeitando costumes de consumo dos clientes. Parte do plano de ação está vinculada a monitorar a evolução da operação e ter alternativas rápidas de ajustes. Feito tudo isso, provavelmente você tem em mãos um planejamento estratégico.


Houve o estudo e avaliação de formas e meios relacionados a execução de ações explorando a melhor maneira de se alcançar o objetivo predeterminado, ou seja, o estudo e avaliação sobre a melhor forma caracterizou como planejamento, e os meios produtivos de execução com os recursos disponibilizados, a estratégia.

Importante para avalizar tudo que foi pesquisado, simulado, estressado, é o monitoramento. Aqui, o fluxo correto das informações, base em dados confiáveis é condição “sine qua non” para as boas decisões. O que dizem as apurações de impostos? Estão dentro das estimativas? E o controle de estoque? Está dentro do previsto quanto ao giro médio? E a composição percentual de custos de mercadorias vendida quanto a participação nele de seus principais componentes – mercadoria e mão de obra? O uso de capital de terceiros e a respectiva despesa financeira estão dentro do esperado? Despesas administrativas e comerciais sob controle? Caso alguns desses itens estejam alcançando o nível de aceitabilidade, o plano “B” para eles está definido?


Com todos esses pontos alinhados seu planejamento estratégico está bem elaborado, com fortes parâmetros de validação, e com grandes chances de sucesso.


Agora é mãos à obra no acompanhamento da operação.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

REFORMA TRIBUTÁRIA

Temos realizado comentários quanto a questão relacionada a proposta original da reforma tributária de não aumento de carga tributária, e as análises atuais, que indicam, essa proposta não será cumprid

VAREJO

As vendas no varejo cresceram em abril, mas com crescimento abaixo do esperado. Apesar disso houve, também, a identificação  de busca ao alcance da meta considerando o aquecimento do mercado de trabal

Comments


bottom of page