top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

PREPARATIVOS INICIAIS PARA O ORÇAMENTO 2025

Muitas empresas, disparam no início do segundo semestre, os preparativos para o orçamento do ano seguinte. Trata-se de trabalho relacionado a juntada inicial de informações e projeções, que durante o terceiro trimestre  do ano, são lapidadas para  o uso efetivo das informações  no ultimo trimestre, ai sim, já atuando sobre o orçamento de 2025.


Atualmente, e de antemão, já é fato, e esta no dia a dia das empresas, o aumento do custo financeiro, considerando que no primeiro trimestre do ano corrente, considerava-se a SELIC fechando 2024 em 9% ao mês, e estamos com ela em 10,5% ao mês, sem perspectiva de queda, aliás, com mais tendencia de alta. Na mesma linha  temos o dólar, que também no primeiro trimestre , trabalhava-se com ele  a R$ 4,95 e hoje temos R$ 5,70 com a perspectiva de fechar o ano em R$ 5,20 podendo chegar a R$ 5,30.


Fatores externos devem ser avaliados no sentido de se entender o possível impacto que possam causar nas operações da empresa, um deles que traz atenção na análise, é o custo dos fretes, e atividades logísticas internacionais no geral.


Assim, os preparativos  para o orçamento de 2025 já possuem dados, que tudo indica, não sofrerão alterações significativas, e impactarão os números analisados, bastando ter  a estimativa dessa valorização, e projetar seus efeitos – custo financeiro e cotação do dólar -.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

MAIS SOBRE A REFORMA TRIBUTÁRIA

A conclusão a que se está chegando, quanto a proposta de alocar produtos a cesta básica nacional, produtos esses que terão alíquota zero do IVA (CBS + IBS), e principalmente, com foco na carne, é que

INFLAÇÃO

As projeções de inflação para 2024 e 2025, revistas pelo Ministério da Fazenda, indicam aumento de percentuais. Para 2024 a estimativa era de 3,7% e agora é de 3,9%, e para 2025 a estimativa era de 3,

SINAL POSITIVO NA ECONOMIA

A informação do Ministro da Fazenda, de que haverá, em termos orçamentários, com vistas a atender  o arcabouço fiscal, o bloqueio de R$ 11,2 bilhões, e o contingenciamento de R$ 3,8 bilhões do orçamen

Comments


bottom of page