top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

IMPOSTO DIGITAL

Em discussão na OCDE – Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, aproximadamente cento e trinta países decidiram prorrogar até 01/janeiro/2025 a moratória (prorrogação de prazo) para a implantação de imposto sobre as chamadas atividades digitais. Na prática, o imposto visa a tributação das gigantes de tecnologia, de forma a elas terem tributação aonde mantém negócios e não aonde reconhecem as suas receitas, que muitas vezes, são paraísos fiscais. Entende-se ser essa medida importante para introduzir alterações e ao mesmo tempo ter atualizações no sistema tributário internacional.

Na mesma linha, esses países concordaram em suspender ações para a implantação interna (impostos locais) sobre serviços digitais, isso no mesmo período acima mencionado, com o objetivo de que acordos internacionais para essa tributação não esbarrem em legislações locais sobre o mesmo tema. A meta é ter a ratificação desse acordo de tributação global para as atividades de tecnologia, conforme acordo assinado no final de 2021.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comments


bottom of page