top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

RECICLAGEM DE MATERIAIS

A Solução de Consulta de nº 294 da Coordenação Geral de Tributação, apresentou entendimento quanto a reciclagem de materiais que gerem por esse processo (processo de reciclagem) um novo produto, estar enquadrado no conceito de industrialização, sendo dessa forma fato gerador do IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados.

A Receita Federal alega, no caso analisado pela Consulta que o produto final, pós processo de reciclagem, não é o mesmo produto que entrou na “linha de produção” para ser reciclado, logo, a operação não é de renovação e sim de obtenção de um novo produto.

Esse é mais um contrassenso da nossa legislação tributária. Enquanto a sociedade fala em reciclagem como um fator primordial para o meio ambiente, a Receita Federal aumenta a tributação sobre o processo ao invés de reduzi-la para incentivar os que pretendem investir ou já possuem investimento na área.

Decisões do CARF – Conselho Administrativo de Recursos Fiscais e do STJ – Superior Tribunal de Justiça, entendem que a reciclagem pode ser enquadrada como uma renovação do produto utilizado como insumo no processo.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comments


bottom of page