top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

VAREJO

As vendas no varejo cresceram em abril, mas com crescimento abaixo do esperado. Apesar disso houve, também, a identificação  de busca ao alcance da meta considerando o aquecimento do mercado de trabalho, alta da renda  e uso de estímulos fiscais  pelo mercado varejista. Essa busca  de alcance  da meta  com o uso de situações sazonais, e previstas não ocorrer nos próximos meses, tendo em vista  o possível  aperto financeiro e o resultado das  chivas do Rio Grande do Sul.

 

O resultado do setor, em abril, que foi considerado bom, tem suporte  em fatores identificados  no final de 2023 e início de 2024 como o aumento da  renda real, o aquecimento do mercado de trabalho e o reajuste de salários  acima da inflação.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

MAIS SOBRE A REFORMA TRIBUTÁRIA

A conclusão a que se está chegando, quanto a proposta de alocar produtos a cesta básica nacional, produtos esses que terão alíquota zero do IVA (CBS + IBS), e principalmente, com foco na carne, é que

INFLAÇÃO

As projeções de inflação para 2024 e 2025, revistas pelo Ministério da Fazenda, indicam aumento de percentuais. Para 2024 a estimativa era de 3,7% e agora é de 3,9%, e para 2025 a estimativa era de 3,

SINAL POSITIVO NA ECONOMIA

A informação do Ministro da Fazenda, de que haverá, em termos orçamentários, com vistas a atender  o arcabouço fiscal, o bloqueio de R$ 11,2 bilhões, e o contingenciamento de R$ 3,8 bilhões do orçamen

Comments


bottom of page