Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

BANCO CENTRAL ELEVA A TAXA DE JUROS

O Comitê de Política Monetária – COPOM – elevou a taxa básica de juros em 0,5 ponto percentual. Com isso a SELIC passa de 12,75% ao ano para 13,25% ao ano. O indicativo é de que a fase de aperto monetário ainda não terminou, de forma a termos, provavelmente, na próxima reunião do COPOM nova alta de juros seguindo o mesmo nível dessa última.


Esse reajuste na taxa de juros, fez com que a SELIC atingisse o patamar mais alto em cinco anos e meio. O ciclo de aumento atual teve início em março/2021 quando a SELIC estava em 2% ao ano, assim desde essa fase, no que se refere a aumento de taxa de juros já temos elevação acumulada de 11,25 pontos percentuais, que é a mais longa da serie histórica. O banco Central deixa claro que busca controlar uma inflação persistente e disseminada, assim como busca, também, combater a deterioração de expectativa de combate da mesma para 2023. As decisões atuais já são tomadas com vistas ao próximo ano, para o qual o Conselho Monetário Nacional fixou a inflação em 3,25% com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tema sensível para as empresas que realizam operações de comércio exterior tem relação com o preço de transferência. O envolvimento da questão não é somente de ordem fiscal e tributária, mas também,

Tema sensível para as empresas que realizam operações de comércio exterior tem relação com o preço de transferência. O envolvimento da questão não é somente de ordem fiscal e tributária, mas também,