Buscar
  • Grupo Bahia & Associados

PROPOSTA DE TRIBUTAR OS DIVIDENDOS

Uma possível tributação sobre dividendos poderia compensar possíveis perdas com, uma outra proposta, essa voltada a redução do imposto de renda das empresas  de 25% para 20%. Dependendo da alíquota a se aplicar a essa sugestão, a compensação pode incluir, inclusive, uma outra proposta voltada a reduzir a alíquota máxima do imposto de renda da pessoa física de 27,5% para 25.


O estudo realizado pelo Ministério da Economia, trabalha com alíquota de 15%  para a cobrança de imposto de renda  sobre a distribuição de dividendos, compensando-se, assim, todas essas possíveis perdas com os ajustes, em estudo do imposto de renda para as empresas e para as pessoas físicas.


Importante na avaliação é considerar que o dividendo é o percentual do lucro da empresa destinado aos sócios de acordo com as disposições do que consta no contrato social da companhia. Assim a questão em análise não está atrelada a tributação dos lucros obtidos pelas empresas, mas sim a tributação na destinação desse lucro.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

POSSIBILIDADE DE AUMENTO DO DESEMPREGO PREOCUPA

Trabalhando de forma preventiva a uma possível indicação de aumento do desemprego, O Governo Federal através de sua equipe econômica estuda a aplicação, em 2021, de algumas medidas utilizadas em 2020.

CRÉDITOS DE PIS E COFINS

A decisão do STJ – Superior Tribunal de Justiça de fevereiro de 2018, que tratou de conceitos de essencialidade e relevância para apropriações de créditos de PIS e Cofins, teve, novamente, impacto em

ALTERNATIVA PARA A GERAÇÃO DE EMPREGOS

O Ministério da Economia tem como um de seus principais objetivos para 2021, a retomada do emprego no país, considerando o alto nível de ausência de carteiras de trabalho assinadas antes da pandemia,

© 2020 por Grupo Bahia & Associados

  • LinkedIn Social Icon