top of page
Buscar
  • Foto do escritorGrupo Bahia & Associados

TRAVA DE ROTATIVIDADE- FAP

A ilegalidade de aplicação da chamada “trava de rotatividade” relacionada ao FAP – Fator Acidentário de Prevenção, esta no foco de discussões sobre o tema.


A trava de rotatividade consta na Resolução do Conselho Nacional de Previdência Social de número 1309/2009 que alterou o anexo da Resolução MPS/CNPS de número 1308/2009, alteração essa, que incluiu no mencionado anexo, a taxa de rotatividade na metodologia para cálculo do FAP. Em resumo essa taxa diz que uma vez identificado o índice do FAP não haverá a bonificação para ele, considerando empresas com taxa de rotatividade superior a 75% nos dois anos anteriores.


A Ministra Regina Helena Costa do STJ – Superior Tribunal de Justiça se manifestou quanto a ilegalidade dessa trava. Esse posicionamento foi bem recebido pelas empresas que indicam não termos na Lei que instituiu o FAP (Lei de número 10666/03) qualquer referência a essa trava, sendo a mesma prevista, somente, em Resolução do Conselho Nacional de Previdência Social.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A NOVELA DA DESONERAÇÃO

Com efeitos imediatos, o  ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, atendeu a solicitação  do governo e do Congresso Nacional, suspendendo  por 60 dias a liminar que havia derrubado

PREÇO DE TRANSFERENCIA

Questão interessante chegou ao Judiciário. Uma empresa de São Paulo, obteve liminar na Justiça Federal, para não aplicar em suas operações, as novas regras de preço de transferência (transfer price).

Comentários


bottom of page